240%: Bancos privados aumentam tarifas de operações de câmbio

Vereadores custam mais no interior do que na capital mineira
19/06/2012
Fraude envolve renomados frigoríficos de Minas
19/06/2012

De janeiro a junho, os valores médios das tarifas de operações de câmbio mais que dobraram nos bancos privados.

As operações de venda e compra de moeda estrangeira envolvendo cartão pré-pago de viagem e a taxa de emissão do plástico acumulam o maior aumento, de 240%. As tarifas para transações com moeda estrangeira em espécie subiram 12% para venda e 110% para compra. No cheque de viagem, a variação na venda foi de 113% e na compra de 34%.

O levantamento foi realizado a partir dos dados de valores médios das tarifas de operações de câmbio manual, divulgados pelo Banco Central (BC) e apurados junto às instituições financeiras. O aumento das tarifas acompanha o cenário em que os brasileiros bateram, mais uma vez, recorde de gastos no exterior. Foram US$ 7,18 bilhões nos quatro primeiros meses do ano, crescimento de 7% em relação a igual período de 2011.